segunda-feira, outubro 08, 2007

Padam, padam

Logo de cara, peço desculpas pelo sumiço. PC em casa continua com pau e anda complicado atualizar aqui. O respeitável blogueiro Sall me intimou a participar de um tal "memê", umas dessas coisas bloguísticas tão em voga. A questão é se sou ou não anti-social. Não sei se alguém realmente se interessa por o que penso sobre mim mesmo, mas enfim... Sei ser devidamente fanfarro, aloprado e sacana como um bom rapaz sociável. Evito encrencas, exceto as que julgo divertidas de se entrar. Quer discutir políticas sociais na mesa do boteco? Então não vá achar ruim por eu discordar de você e de mais sete pessoas na mesa. Sou teimoso, sim. Mas um teimoso com bons argumentos. E não tão sociável assim a ponto de ficar quieto diante de certas bobagens. Só que não levo isso para o campo pessoal, ressalte-se. Uma coisa que me irrita muito na cultura do Brasil é essa coisa de valorizar a mediocridade (acho que falei disso algum tempinho atrás). Orgulhar-se do que fez virou pecado mortal. O justo é se fazer de coitado o tempo todo. Quanto mais cordeiro, mais simpático. Eu acho isso uma grande estupidez. Saber que se é bom no que faz não é vergonha. Exigir responsabilidade e competência é básico. Só que aí você corre o perigo de ser mal-visto. E se continuar convicto, pode ser intransigente. E intransigente pode ser anti-social. E por isso eu não vou seguir o esquema de passar o même adiante e ele vai morrer aqui em mim. Anti-social, sim. Só pra fazer um charme.

***

Ah, dia 12 estréia "Piaf" e você deve assistir! Um filme encantador sobre a genial cantora Edith "la môme" Piaf. Só a trilha sonora já vale o ingresso. O legal é que as pessoas bacanas que não a conhecem bem, vão descobrir uma grande e trágica cantora. E as pessoas trágicas são bem interessantes. Padam, padam, padam.

6 comentários:

Dani disse...

VC discordaria da torcida inteira do Corinthians, se fosse preciso. Isso é uma das coisas que mais me encanta em vc, Ro ! A convicção de todos os seus argumentos. Isso te faz uma pessoa sociável, sim! Afinal, esta sempre aberto para toda e qualquer discussão.
Me desculpe não ser social o suficiente para ter um contato maior contigo. Vc já deve saber que odeio gente, conversa, msn´s e afins...(hehe)

Sall disse...

Salve, Rodrigone!!!
O post ficou bem bacana, o tal "memê" é só p/ instigar os blogueiros a escreverem...rs, eu quase não respondi, mas entrei no clima. Valeu por ter participado, qualquer dia a gente toma uma num boteco. Grande abraço!

Raquel disse...

Sabe que ontem eu estava me fazendo essa mesma pergunta? Será que sou anti-social? Me dou bem com as pessoas, mas na hora que entram demais na minha intimidade pode ser complicado. Não te acho anti-social, ainda mais porque você pode ser "do contra", mas sempre discute, interage. Eu não discuto muito, só com quem tenho mais intimidade. E às vezes eu escuto as besteiras que as pessoas falam e não digo nada, ou porque tenho preguiça de explicar todo meu raciocínio e a pessoa não entender bulhufas ou porque não estou a fim, típico comportamento de um anti-social convicto: saber que as palavras pouco adiantam.
Bem, é isso. beijo!!!

Ana disse...

Rodrigo!

Para falar sobre argumentação e discussão, fala de um jeito polêmico!

Gosto desse texto!

M. disse...

Quero muito ver Piaf! Adoro!

Lis disse...

Adorei aqui!
Muito bom!!!
Visitarei sempre e torço para que seu PC fique bom!!!

Beijos!!!
Lis