segunda-feira, abril 09, 2007

Megalomaníaco e herege, mas adorável

Estava cá eu pensando em coisas relevantes. Dizem que advogados acham que são deuses. Médicos costumam ter certeza disso. Mas o sujeito mais poderoso do universo é um jornalista. Sim, falo do Superman, vulgo Clark Kent. Ele tem poderes de um Deus e ainda pega a intrépida e linda jornalista Lois Lane. Também salvou a Terra inúmeras vezes, enquanto Deus mandou dilúvios para castigar a infame humanidade e pragas para sacanear os egípcios...com aquela desculpa de que fazia isso para salvar os judeus (que depois de libertados, vagaram 40 e tantos anos no deserto). O Superman não faria algo assim... ele faz até fez até o tempo voltar para salvar sua amada! Logo, percebo que é bem mais legal ser Superman do que ser Deus, que não pega ninguém nem tem visão de raio-X. Então possivelmente nós jornalistas somos até mais bacanas que Deus. E talvez possamos queimar no Inferno por isso. Ou talvez o supersopro do Superman nos salve. Só que aquela sunga vermelha é de doer...

10 comentários:

Anônimo disse...

A diferença é que Deus não precisa demonstrar força física, tão pouco sua habilidade de "pegador" e ainda assim continua sendo Deus, diferente do super-homem que se tirar aquela capinha e aquela ridícula sunguinha vermelha já era!!!

Raquel disse...

Ixi, amigo, caiu na malha fina!!!!!!
hahahahahaha
boa sorte com esses anônimos fiéis a esse deus que eles mesmo inventaram
beijooooo

Fernando Salvaterra disse...

O legal é que Deus não precisa demonstrar nada! O seus devotos inventores é quem tem todo o trabalho de demonstrar qualquer coisa sobre Ele. O legal é que Deus não precisa mover uma palha, como o Super, nós inventamos todas as palhas fictícias que Ele move.
Salve e Aleluia!

fernando salvaterra disse...

Eí, Rodrigone! já reparou que apesar do meu nome eu não salvo nem eu mesmo?
Então, deletei o blog, mas ele continua no ar por conta de um bug.
Então, deletei também meu perfil do orkut, tava perdendo o pouco tempo que eu tinha pra escrever uma história mais longa. Pior é que eu acho que não resolveu nada.
Continuo lendo tuas postagens, amigo, não deixe de postar.

Don Rodrigone disse...

-Anônimo, se o Super tirar a roupa collant, ele se torna o Clark Kent... um ótimo jornalista... e ainda assim é um deus, só que com a modestia de agir feito um ser humano e não uma criatura onipotente que precisa ser bajulada. Aliás, se é oniponte, onipresente e onisciente... porque ele permite que exista o mal? Deve ser pro Superman ter quem combater...


-Quel, valeu! =D


-Salvaterra, viva o Superman! Espero que reconsidere e volte a blogar. De qualquer forma, grato pelas visitas!

Ana disse...

O superman caiu do cavalo!

Raquel disse...

Não, o superman não caiu do cavalo, quem caiu do cavalo foi o ator que o representava =P

Chapolim disse...

Aleluia irmãos!!!

M. disse...

Que viagem! rsrsrsrs
Só passa maluco nesse blog...adorei!
Sabe, eu deixei de ter ataques megalomaníacos de jornalista ainda no primeiro ano da faculdade. Hoje, gosto mais do Batman e do Homem-Aranha

Alanovski disse...

Eita Lele! Bem que me falaram que jornalista é egocêntrico..rs
Bem...eu prefiro seu meu próprio deus, destruindo-a toda noite e salvando a cada amanhecer...

E vem cá...qual é o seu número? Vi uma cuequinha vermelha nas lojas Renner que iria ser ótimo para o super jornalista ir trabalhar!
=P